Não uso uma distribuição Linux porque não tem os programas que preciso

Bem essa é frase bem conhecida pela Comunidade do Software Livre, nesse post vou falar os diversos pontos de vista que já vi, a realidade atual dos programas para Linux e o futuro. Já ouvi a frase “quem é Design ou editor tá ferrado se usa Linux” essa frase não é totalmente verdade, mas também não é totalmente mentira, depende da situação, se o Design precisar por exemplo dos programas da Adobe como Photoshop, Ilustrator ou o editor precisa do Premiere, nessa situação tem como instalar pelo play on Linux, mas versões mais antigas, se ele precisa usar as versões mais recentes como CC 2018 ele tá ferrado mesmo, claro que existem outras opções como o GIMP, Lightworks que tem para Linux, existem opções nas mesmas categorias, mas nem sempre essas opções são melhores, em termo de ferramentas, produtividade os programas da Adobe ainda estão na frente, claro que nem todos os casos, o GIMP por exemplo é um excelente programa na mesma categoria que o Photoshop, mas se compararmos a última versão do Photoshop com a do GIMP o Photoshop tem muito mais recursos, muitas ferramentas da Adobe ainda são mais intuitivas e melhores de trabalhar, eu por exemplo prefiro o GIMP e utilizo ele como padrão, mas sei que o Photoshop tem mais recursos, são coisas que passa pela mente de quem utiliza um programa já algum tempo e quer migrar para Linux. Agora no final de 2017 está é a realidade, mas existe uma tendência dos programas serem desenvolvidos para serem multiplataformas, para funcionar tanto Windows, Linux e Mac OS, se você observar anos atras e hoje já podemos ver vários programas serem feitos ou migrados para vários sistemas operacionais, isso indica que no futuro até os programas da Adobe e outros que são muito conhecidos terão para Linux também, isso é uma estatística comprovada, então fica tranquilo que chegará uma hora que não terá jeito nem quando eles não quiserem, pois eles vão olhar também o crescimento de usuários que usam o Linux que é outra estatística que vem crescendo a cada ano, e terão que migrar os programas. Essa é uma área complexa de ser analisada, as grandes empresas de Software, e nem sabemos tudo que acontece, mas tem coisas que sabemos que são claras, a  grande Microsoft que é só grande no seu tamanho e lucros, mas na ética está lá atras, infelizmente é uma empresa que faz de tudo para se manter no topo, ela não é aquela empresa que pensa somente vamos melhorar nossos produtos, manter os clientes e conquistar novos, isso é um pensamento de qualquer empresa, mas ela tem outro pensamento também de como enfrentar os concorrentes, como ela tem muito poder ela usa disso para muitas vezes fazer um concorrência desleal, isso já aconteceu e foi para Justiça, para isso que existe a lei de Monopólio, vou colocar uma pequena referência do que é essa lei:

lei Sherman de 1890 (Sherman Act, em inglês) foi um ato de regulação que visava garantir a concorrência entre as empresas nos Estados Unidos, evitando que qualquer delas se tornasse suficientemente grande para ditar as regras do mercado em que atuava. Foi formulada por John Sherman.

Resumindo é uma lei para falar com as Grandes Empresas que pode dar merda, como aconteceu com a Microsoft nos anos 90.

A Netscape recorreu à justiça e processou a Microsoft por práticas comerciais ilegais, entre elas, a estratégia de que quando o usuário resolvesse instalar o Internet Explorer, automaticamente este ficava habilitado como padrão e o Netscape Navigator não funcionava mais, por mais que estivesse instalado, não era possível abrir páginas online Fonte wiki

Isso é uma das coisas que atrapalharam e atrapalha a concorrência que na verdade a concorrência é algo que faz ambos produtos melhorarem, mas ai surgiu o Linux e o Conceito de Software Livre e foi se popularizando, posso falar uma coisa sobre o Linux? Ele é imortal! Antigamente dava, hoje não da mais para fugir do conceito multiplataforma, hoje existem vários Sistemas Operacionais muito bons, hoje a Microsoft não tem tanto poder como antigamente, um exemplo disso é o Sistema Operacional Android que é de código aberto e hoje é o sistema operacional mais utilizado do mundo, existem diversas distribuições Linux que já tem milhões de usuários, tem o Mac OS também que tem sua taxa de usuários, então hoje nem se a Microsoft quiser vai fazer o que fez antigamente, hoje não da para a Microsoft vencer o Google por exemplo no mundo Mobile, a distância é muito grande, e vai ficar cada vez maior essa distância, a tendência é que as grandes empresas e governos usem cada vez mais Software Livre. Por isso tenho certeza que em poucos anos teremos cada vez mais programas para Linux, uma hora não vai ter essa questão, eu uso Windows porque tem tal programa para ele e não tem para Linux, uma hora vai ser escolhido o Sistema Operacional pela sua estabilidade, desempenho, intuitividade, por mais que o Linux seja melhor em vários fatores ainda pesa a questão de não ter certos programas. Um exemplo de uma grande empresa é a Stean, ela já tem seu sistema operacional baseado numa distribuição Linux, essa é outra tendência, grandes empresas modificarem o Linux segundo suas necessidades e terem seu produto funcionando melhor em seu próprio sistema, esse padrão de ser gratuito também continuará, uma empresa que no futuro pode pensar nessa possibilidade é Adobe, ela modificar um sistema Linux para um sistema de estúdio por exemplo e ajustar que seus programas tenham desempenho melhor, isso parece que não é pensado, mas grandes empresas já pensam nessa possibilidade, a Google também tem outro sistema operacional chamado Chrome os.

Chrome OS é um sistema operacional desenvolvido pelo Google que é baseado no núcleo do Linux e usa o navegador web Google Chrome como a sua principal interface de usuário.

Grande empresas da área da tecnologia querem ter seu próprio sistema operacional, com essa concorrência não terá mais aquele monopólio dos criadores focarem só no Windows, que esse era o pensamento de anos atras, a grande verdade é que as empresas que criam programas não criam porque gostam de um sistema operacional (A) ou (B) na verdade eles analisam números e focam no sistema mais utilizado, como as distribuições Linux cresceram muito eles já estão focando também no Linux, hoje em dia já existem números reais de usuários que utilizam Linux. Cada ano que passa terá mais e mais programas sendo migrados para as distribuições Linux e outros programas criados já com esse novo padrão de criar programas multiplataforma.

Rafa Guarapa

Compartilhar conhecimento & ensinar de uma forma livre e colaborativa ?